Garantia e observações de segurança das rodas Moska

Em qualquer área técnica, não há produto infalível. Todas as peças mecânicas possuem limites. Até mesmo a Nasa tem problemas técnicos que causam acidentes. Como especialistas, devemos utilizar nosso conhecimento para minimizar a possibilidade de qualquer falha, mas é também nossa responsabilidade alertar os usuários de que falhas podem ocorrer e que os riscos devem ser assumidos pelo usuário, seja ele um astronauta ou um skatista. Há tantas variáveis incontroláveis envolvidas,que faz com que andar de skate em condições muito radicais seja uma atividade perigosa.

Quanto melhor um produto, menos defeitos ele tem, e maiores são seus limites de desempenho. Nós fabricamos rodas desde 1988, e há muitos anos a Moska é considerada uma das melhores rodas de skate do mundo, mas mesmo as melhores rodas possuem limites que precisam ser respeitados.
Há muitos fatores que podem destruir uma roda:

Há uma propriedade chamada resiliência, que é a energia não absorvida pelo poliuretano quando sujeito a uma tensão. As melhores rodas possuem alta resiliência. A energia absorvida pelo poliuretano transforma-se em calor, devido à abrasão entre as suas moléculas.

A tensão numa roda depende da força aplicada à mesma (peso do skatista e forças dinâmicas, como a centrífuga numa curva, ou o impacto gerado quando se passa por um obstáculo ou numa queda) e à freqüência desta força (velocidade). Exemplo: um skatista mais pesado gerará mais calor em suas rodas, que um outro mais leve, na mesma velocidade, e terá portanto um limite de velocidade mais baixo a fim de não destruir as mesmas.

Quando o calor ultrapassa o limite do poliuretano (aproximadamente 80° C) as moléculas degeneram e a roda tem uma falência total.

Calor e forças dinâmicas excessivas podem também ultrapassar o limite de adesão causando um descolamento do miolo ( inserto) e da parte de poliuretano externa de uma roda de duas durezas (dual). Isso não é defeito, mas uso acima do limite da roda.

Há também fontes externas de calor, como o piso onde se anda e o rolamento, que gera muito calor, principalmente se estiver danificado. Asfalto e rolamentos muito quentes vão transmitir calor para as rodas e diminuir o limite de velocidade final de uma roda.

Portanto a velocidade final máxima de uma roda depende de:

A) Resiliência e outras propriedades do poliuretano;

B) Propriedades do miolo;

C) Limites de adesão entre o miolo e a banda de rodagem de poliuretano,

D) Peso do skatista;

E) Temperatura do rolamento;

F) Temperatura da superfície onde se anda;

G) Forças dinâmicas aplicadas ( impactos e curvas);

H) Duração do tempo em que a roda está em uso continuo. O calor vai sendo acumulado em função deste tempo. Exemplo: uma roda pode resistir por 20 minutos a uma certa velocidade , mas pode se destruir logo depois disso devido ao acúmulo de calor.

I) Duração dos intervalos entre os períodos de uso. (Quanto mais a roda descansar, mais fria ela ficará).

Mesmo com um controle de qualidade rígido como o nosso algumas rodas (uma pequena porcentagem) podem apresentar limites de desempenho mais baixos.

Garantimos a troca de quaisquer rodas com defeito, mas não de rodas que tenham sido usadas acima de seus limites. Em caso de defeito será trocada somente a roda defeituosa, não o jogo de 4 rodas.

Todas as rodas podem sofrer cortes com arrancamento de um lasca, o que não é defeito. Uma pedra ou qualquer objeto cortante, cortará uma roda, assim como ocorre com o pneu de um automóvel.

Rodas de baixa dureza, entre 70 e 80 Shore A são recomendadas para superficies ásperas e velocidades mais altas, e possuem melhor aderência. Slides só devem ser feitos com rodas com bordas arredondadas, pois as rodas com canto mais vivo sofrerão arrancamento de pequenas lascas facilmente. Mesmo as rodas com canto arredondado podem sofrer arrancamento de lascas, e isso não é defeito.

Rodas com media dureza, entre 85-90 Shore A, podem ser usadas para slides desde que tenham bordas arredondadas, e mesmo assim podem sofrer cortes e arrancamento de lascas.

Rodas com alta dureza, acima de 95 Shore A possuem baixa aderência e são recomendadas para streeet e vert.

Devido à impossibilidade de controlar todas as variáveis acima, e o mal uso acima dos limites, o skatista deve assumir todos os riscos de acidentes causados por quebra de uma roda. O fabricante não assume qualquer responsabilidade por acidentes.

Se a sua roda apresentar algum defeito de fabricação, e não foi destruída por mal uso, leve-a à loja onde a comprou, junto com um certificado como este que veio junto com a roda na sua embalagem e deve ter sido preenchido no ato da compra, que a mesma será remetida à nossa fábrica para análise e eventual troca, se for constatado o defeito.

Se preferir envie direto para: Caixa Postal 38 , CEP 18270-970, Tatuí-SP Defeitos aparecem nos primeiros 15 dias de uso, portanto não leve rodas desgastadas para troca. Rodas lascadas também não são defeituosas. Em caso de defeito será trocada somente a roda defeituosa, não o jogo de 4 rodas.

Nome da loja_______________________ Nome do vendedor ____________________

Telefone da loja onde comprou:________________________________

Carimbo da Loja onde comprou:______________________________

Data da compra ____/_____/____ Modelo comprado:_____________

Em caso de defeito é necessário o acompanhamento deste termo de garantia com todos os campos preenchidos.